CHIMARRÃO
Benefícos da erva mate
Tradição que faz bem: chimarrão para celebrar a tradição e cuidar da saúde

Mais do que simples tradição dos gaúchos, o hábito de tomar chimarrão também é salutar. Estudos comprovam que a erva-mate (Ilex paraguariensis A. St. Hilaire), consumida como chimarrão ou chá, apresenta propriedades benéficas para as funções orgânicas. Os principais componentes da planta atuam como auxiliar em dietas, como diurético, digestivo e também no tratamento da fadiga funcional.

Conforme o médico Oly Pedrinho Schwingel, que se dedica à medicina natural e ao estudo das plantas, a erva-mate é considerada um “alimento quase completo, pois contém a maioria dos nutrientes necessários para sustentar a vida”. Ele se refere à presença de vitaminas, aminoácidos, saponinas triterpênicas, açúcares e flavonoides. “A erva-mate também possui substâncias antioxidantes, que evitam o envelhecimento e controlam o mau colesterol, podendo ser usadas no emprego farmacêutico como expectorante, diurético e harmonizador orgânico, estimulando a resposta imunológica”, completa.

Pesquisas sobre os efeitos da planta revelam a alta concentração de sais minerais como cálcio, ferro, fósforo, potássio e manganês. Já a atividade estimulante da erva-mate é conferida pela presença da mateína, substância similar à cafeína, porém com propriedades distintas.

Schwingel ressalta que a bebida tradicional dos gaúchos não tem contraindicações, porém, recomenda o consumo máximo de três chimarrões novos por dia. “Quem tem dúvidas deve sempre saná-las antes com seu médico”, aconselha, indicando consumo moderado para hiperativos, hipertensos e pessoas com problemas cardíacos. O pesquisador defende a exploração da erva-mate para utilização em áreas como nutrição, farmácia e fisioterapia. “A planta vem sendo usada no mercado sul-americano e europeu como matéria-prima para obtenção de produtos homeopáticos, fitoterápicos e muitos outros para a saúde em geral”, exemplifica.

Um estudo realizado recentemente pela Feevale, de Novo Hamburgo, atesta que o mate, além de estimulante, faz bem ao coração. Conforme o trabalho coordenado pela biomédica Rejane Giacomelli Tavares, o uso de cem gramas diárias de erva-mate pode causar a diminuição de 29% nos níveis do colesterol e de 62% nos triglicerídeos, reduzindo, assim, o risco de doenças cardíacas. A análise foi feita em ratos de laboratório, que receberam uma dose concentrada de extrato de erva-mate e tiveram os indicadores reduzidos.

Lenda da Erva Mate
A lenda romantiza a origem da erva que é a base da bebida mais tradicional do RS

A erva-mate tem sua origem explicada pelos indígenas através de lendas, que lhe dão um caráter sobrenatural. Há versões diferentes para a lenda da erva-mate, mas uma, em especial, sofreu uma adaptação em Venâncio Aires, onde foram introduzidos elementos locais, como o poço eterno.

O poço era uma fonte existente que abastecia os habitantes da localidade de Faxinal dos Fagundes, hoje região central de Venâncio Aires. Como nunca secava, passou a ser chamado de poço sem fundo.

Conta uma das lendas que Caa Yari era uma linda filha de um cacique, amada por um jovem a cujo amor não correspondia. Assediada, fugiu e, em sua fuga, atravessou glebas ao norte do município, semeando erva-mate no caminho, pois era de bom coração e queria fazer o bem a todas as tribos indígenas. Prestes a ser capturada por seu apaixonado perseguidor, pediu proteção a Tupã. Este a acudiu, abrindo o poço e fazendo Caa Yari nele desaparecer.

Bondosa, a moça continuou a fazer o bem, distribuindo água de sabor agradável aos habitantes do Faxinal, homens e animais. Mas, como no fundo do poço não podia mais semear erva-mate, explica-se por que as terras vizinhas dos municípios de General Câmara e Rio Pardo não possuem ervais nativos

Tipos de Chimarrão
Achego
Amargo
Apaixonado
Canhoto
China Pobre
Da Collher
Da Copa
Da Engrenagem
Da Flor
Da Praia
Do Prego
Escovado
Estrela
Ferradura
Formigueiro
Furo Alto
Furo Quadrado
Gaúcho Macho
Homenagem
Invertido
Mate Doce
Meia Lua
Namorados
Peão Pobre
Poço
Ponte
Primavera
Repartido
Riscadinho
Roda de Carreta
Tapado
Toca de Tatu
Tradicional
Ventania
Vulcão
Xadrez
PATROCÍNIO